Paisagem etnográfica do Nordeste. 

Paisagem etnográfica do Nordeste foi uma pesquisa realizada pelo Centro de Estudos do Atual e do Contemporâneo do Museu do Homem do Nordeste (MuHNE), em 2011/2012. A pesquisa abrangeu os nove Estados da região Nordeste e teve como foco as práticas tradicionais de produção e preparação do alimento, os locais onde se come e onde são vendidos.  

40.jpg
nordestebranco.png
nordestebranco.png
mapalatinobranco_cópia.png

Nordeste-Brasil 

4054 Km percorridos

9 Estados

As fotografias mostram pessoas dedicando-se a diferentes etapas do preparo do alimento: como e onde elas cozinhavam, quais os ingredientes, ou mesmo, os animais usados. Neste processo, para além do já exposto, foi muito tocante perceber como o alimento é um elemento importante para as relações de dádiva entre os nordestinos, como, para além do ato de satisfazer a fome (ou desejo/necessidade de comer) e agradar o paladar, a comida envolve diversos outros símbolos que vão desde o reconhecimento mútuo, a troca de afetos, a noção de fartura, preservação, identidade, dentre outras. Sendo assim, mesmo que eu procurasse interferir o mínimo no cenário, a minha presença já era um convite à partilha, porque, no mínimo, a comida envolve o ato de oferecer. 

43.jpg
01.jpg
36.jpg
37.jpg
48.jpg
02.jpg
27.jpg

Nordeste

Identidade Comestível


Ciema Mello - Coordenação da pesquisa

Emiliano Dantas - fotografias

Bruno Albertim - textos 

 

 

nordeste 01.png
 

Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massagana, 2020

Número de Páginas:
vol.1: 224
ISBN:
978-85-7019-689-7
Edição:
1ª edição

Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massagana, 2020

Número de Páginas:
vol.1: 256
ISBN:
978-85-7019-689-7
Edição:
2ª edição